quarta-feira, 19 de julho de 2017

[AÇÃO GAMES 008] THE LITTLE MERMAID (NES)



Seguindo o projeto MESTRE SUPREMO DOS GAMES, o jogo de hoje seria A Pequena Sereia para o Nintendinho. Que honestamente é um bom jogo, um dos mais decentes de toda a biblioteca do console, te dou isso. Por muitos meses A Pequena Sereia encabeçou a lista de melhores jogos do NES na época do seu lançamento, e fazer isso sendo um jogo "de menina" (anos 90 as pessoas diziam isso sem sentir vergonha, vá entender) é um testemunho da sua qualidade.


Yeah yeah yeah, tudo muito bom, tudo muito bonito, mas sabe, honestamente, não é disso que eu quero falar hoje. Eu quero falar é um dos filmes mais FODIDOS DA CABEÇA que a Disney já bolou. Sim, vamos falar sobre um filme que tem tanta coisa errada com ele que... que a Força seja um comigo... Eu achei que Aladdin que é basicamente um filme sobre Brasília, onde a "nobreza" tem um palacio de 500 metros de ouro puro enquanto as pessoas estão passando fome do lado de lá do portão e tá tudo certo teria me preparado para isso. Mas não, nada no mundo pode te preparar para assistir A Pequena Sereia.

Eu sei que comercialmente foi um filme muito importante para a Disney, porque até então os anos 80 não vinham sendo nada generosos com as animações da Casa do Mickey e nenhum realmente emplacava o que nós conhecemos como "Padrão Disney de Qualidade". Afinal, quem não lembra dos clássicos "O Caldeirão Mágico" ou "Oliver e sua Turma", não é mesmo?

Acho que ninguém.

A série de grandes animações da Disney que fazem nós pensarmos na Disney como sendo "A" Disney começou em 1989 com a Pequena Sereia e dali pra frente a coisa só deslanchou: Aladdin, O Rei Leão, Mulan, Toy Story (na época a Pixar  não era uma empresa separada) e A Bela e a Fera (que foi indicado ao Oscar de Melhor Filme, não melhor animação, melhor FILME).

Então, sim, A Pequena Sereia é um filme muito importante. De verdade. O que não muda o quanto de coisas ERRADAS tem nele. Vamos a isso.

Eu não tinha visto este filme em muitos anos, apenas tinha uma ideia de que ele tinha valores um tanto... datados... mas boy, oh boy... Na verdade, o filme começa bem, nossa heroína é ok. Ariel é uma linda sereia ruivinha que tem um interesse por humanos e coleciona seus "tesouros" em uma gruta secreta, mesmo não sabendo exatamente para que servem os itens de uma cultura completamente alienígena. Ok, eu to contigo, mana. Colecionar coisas de uma cultura estrangeira é um hobbie totalmente válido (porque eu NUNCA TEREI PRODUTOS DE DOCTOR WHO O SUFICIENTE, OUVIRAM? NUNCA!!!), você não é tão diferente de mim. Acho que te julguei mal, Ariel. Talvez você não seja tão pancada da cabeça como eu imaginava... 

E então ela vê o príncipe em um barco que afunda em uma boa e velha tempestade, e ela salva a bunda dele de morrer afogada de afogamento. Tudo certo ai, Ariel, bom para você, bem heróico da sua parte - ESPERA POR QUE ESTÁ ACARICIANDO A BOCHECHA DE UMA PESSOA INCONSCIENTE/POSSIVELMENTE MORTA DESSE JEITO ?!?

Não. Oh, não, não vem com essa pra cima de moi, sua moçapeixe doida. Ela diz que está "apaixonada". Aham, sei. Para adicionar insulto a injuria, quando ela descobre que o seu  melhor amigo colocou uma estátua do sujeito em sua gruta secreta (essa frase ficou mais pervertida do que eu tinha esperado)... alias eu não tenho idéia de como o Linguado levou aquilo para lá, ele deve ter pedido favores para a mafia Russa do mar e provavelmente estará em Sardinha Wick 3.. mas enfim, o que nossa heroína faz então? Ora, é claro que ela começa a falar com a estatua do cara que ELA NÃO VIU NEM 5 MINUTOS E NUNCA FALOU COM ELA!

"O que? Tirar as conchas e descobrir se sereias são mamíferos? Oh, Eric, seu danadinho ~ <3" ela diz para a estátua. Nesse ponto fica claro o quão maluca essa guria é. Quer dizer, EU tenho o sucesso com as mulheres de um Megazord em um baile de formatura e senti que a mina é roubada, puta merda...

Eu gostria também de tirar um momento para refletir
porque esse passarinho e apenas ele tem o cabelo
de um tiozão
Deixe-me colocar isso em perspectiva: ela está falando falando com uma estátua de um homem que NUNCA falou com ela em sua vida, que ela só viu por menos de 5 minnutos. Como você sabe se ele é um bom rapaz, Ariel? Ele pode ser um assassino ou algo assim, COMO VOCE SABE SE VOCÊ NUNCA FALOU COM ELE, ARIEL? ARIEL, PARA ARIEL!

Enfim, algumas horas passam, talvez um dia, e Ariel está cantarolando sua vontade de abrir seu baú de pérolas para o rapaz... não que ela tenha órgãos genitais externos, porque não é assim que peixes funcionam... mas enfim, não está sendo uma adolescente emburrada. Conhecendo a peça que tem em casa, o rei Tritão fica de suspeita, então ele segue Ariel até sua caverna secreta onde ela armazena "tesouros" humanos. Tritão faz o que qualquer adulto bem preparado para lidar com adolescentes faria neste caso: DÁ UM PUTA DE UM PITI. É, dá pra ver de quem a filha puxou. Mas claro, claramente a adolescente Ariel não  escutou nada do que ele disse sobre como humanos são pior que câncer em um filhotinho de Schnauizer a e ele destrói TUDO. 

Wow, segure suas barracas armadas aí parça-padre, ela já
tem 15 anos
Ok, meça seus raios dourados da morte, parça. Até EU sei que essa é uma maneira bastante ... intensa ... de dialogar com uma adolescente para faze-la entender que a interação humana é perigosa e proibida. Você meio que só está fazendo ela se interessar mais ainda em descobrir o que é um finjob. A maçã não cai muito longe da arvore, como dizem.

É, vendo como o rei tem tão pouco tato e lição de como lidar com adolescentes, eu até meio entendo que Ariel seja essa porra louca e... Ariel, onde tu está indo, Ariel? Ariel, volta aqui, Ariel! Não vai aí, Ariel, MAS PORRA TU TAMBÉM NÃO SE AJUDA, NÉ CARALHO ARIEL!

O que nossa heroína faz então é, aos gritos de "Eu já tenho 16 anos e não sou mais criança" (sério), procurar O CRAMUIÃO DO MAR E FAZER UM PACTO COM O CAPETA PRA TER O SEU MACHO. Um pacto que envolve perder a voz, ir embora do seu reino e jamais voltar a ver sua família e amigos novamente... POR UM CARA QUE ELA VIU DURANTE 5 MINUTOS E NUNCA FALOU COM ELE! MAS PUTA QUE ME PARIU, ARIEL! PARA ARIEL, QUE QUE TU FAZENDO DA TUA VIDA, ARIEL? ACORDA PRA CUSPIR, MENINA!


Ariel, eu não sei como te dizer isso mas cheiro de peixe é,
literalmente, a pior coisa que você usar para conseguir levar
uma espetada do anzol do moço
Puta merda, Ariel... tu é foda pra caralho, viu... mas ao menos essa cena tem algo bem legal nela. Ursula, a grande vilã do filme, não tenta enganar a mocinha. Ela diz claramente quais as regras e as consequências de falhar (virar uma minhoquinha com depressão cronica pro resto da vida). Não tem truque aqui, tudo bem as claras. Bacana da sua parte, Ursula... que é a vilã do filme mais por ser gorda mesmo, mas enfim.

Ok, mas sem sua voz como Ariel vai conquistar o seu macho em três dias? Ursula dá a dica: usando seu CORPINHO DE 15 ANOS PARA SEDUZIR UM HOMEM ADULTO. Chupa ae, Kelly Key. Mas gente, o que ta aconte seno nesse filme? PARA ARIEL, APENAS PARA!

Enfim, Ariel vai para o mundo humano, cai logo no colo do principe enrolada apenas num lençol molhado e... tchanananaaaam... DESCOBRE QUE O DITO CUJO GOSTA MESMO É DE FAZER EMBAIXADINHA COM A BUNDA! Mas se fodeoooooooooo a menina, viu sua retardada, é por isso que você não faz um pacto com o cramuião em troca de sofrimento eterno (ou nunca mais ver sua família e amigos mesmo que tudo desse certo) SEM NUNCA TER FALADO COM O BOY MAGIA ANTES, SUA ANTA!


Enfim, o terço final do filme é sobre Ariel tentando massagear a úvula do menino com a sua língua e ele relutando bravamente em não pegar uma ninfetinha ruiva que tava tão afim dele que ela precisava usar sapatos antiderrapantes para não escorregar na própria umidade.

Ah sim, e cenas profundamente perturbadoras com os amigos de Ariel encontrando outros seres do mar mortos e estripados no mundo humano, super hilário.

 Foi aqui que pediram uma
adolescente nua em um desenho da Disney?
De qualquer forma, o filme tem sim uma lição valiosa no final, veja você: Ursula percebe que o príncipe vai acabar cedendo a tentação de colocar salsicha nesse sushi e decide interferir para que o pacto não se cumpra. Ela usa a magia de sereia e hipnotiza o príncipe... aí você pode se perguntar se não seria estranho que ninguém tenha questionado o príncipe estar agindo como um robo lesado e propondo casar com uma completa desconhecida em menos de duas horas depois de te-la visto, mas eu te digo que eles estavam tão felizes pelo príncipe ter desistido de dar ré no kibe e decidido casar com uma mulher que ignoraram alegremente essa parte.

Viu só, seus bolsominions retardados, isso é o que acontece quando você fica fiscalizando o que as outras pessoas fazem com as bundas delas: uma bruxa do mar acaba como dona da porra toda. Tão felizes agora? Sinceramente espero que o avô da Ariel fique puto com essa gente e transforme todo mundo na Hebe Camargo... porque é meio que o que deuses gregos fazem, foder com as pessoas de formas desnecessariamente elaboradas por motivo nenhum.


Seja como for, o plano de Ursula dá certo (way to go, girl!) e ela se trasforma em  um monstro gigante de pura maldade... bem, porque ela não viraria, né? E aí ela é morta de uma forma completamente idiota.  Eu não vou nem questionar como você morre espetada por um navio quando VOCÊ ESTÁ FODENDAMENTE CONTROLANDO O OCEANO, mas o mestre Karin sabe que a outra opção seria alongar mais esse filme então eu estou de boa com isso...

Agora que Ursula foi derrotada, todas as criaturas sofredoras são transformadas de volta para Merpeople e eles se dirigem para a superfície. Depois de ver um live action da obra de Lovecraft, os humanos estão de boas com tantos sereianos surgindo do nada...

Entre eles, o rei Tritão, faz o seu caminho para ver Eric e Ariel "apaixonados". E do nada, absolutamente do nada, o rei Tritão está de boa com sua filha ADOLESCENTE se casar com um HOMEM HUMANO apenas DIAS depois de conhecer esse cara. Sério, Rei? Você foi tão inflexível toda a semana, e provavelmente a sua vida inteira, sobre o quanto os humanos são ruins e como a interação com eles não é boa, mas você vai mudar a sua posição dentro de SEGUNDOS apenas porque Ariel "ama" ele. Eu chamo isso de besteira.

A totalidade de The Little Mermaid baseia-se na idéia de um adolescente apaixonar-se por um adulto por uma questão de dias, ignorando seu pai e gastando o resto da vida com alguém que ela nem conhece! Qual o tipo de mensagem que é essa Disney?







A Bela e a Fera nos ensinaram que a não julgar um livro por sua capa porque depois ela vai ser a Emma Watson no live action, ou qualquer outra metáfora que você queira usar para conhecer alguém antes de julgar as pessoas. Aladdin ensinou-nos que com poderes mágicos você pode transcender sua situação sócio-econômica e se casar com uma princesa. Espera ... acho que não era essa a lição... Aladdin ensinou-nos a ser sempre verdadeiro consigo mesmo, porque você nunca achará a alegria em ser outra pessoa. O Rei Leão ensinou-nos que tudo o que a luz toca é o nosso reino. Foda-se, eu acho que peguei a mensagem errada de novo... O Rei Leão ensinou-nos que não importa o que a vida lança no seu caminho, você sempre pode encontrar apoio através da família ou amigos. ISSO e Hakuna Matata. Moana nos ensinou que o The Rock é foda pra caralho. É, desse eu acertei a lição do filme.

mas em defesa da Disney, eles até fizeram um bom trabalho com a adaptação. Parece loucura, mas olha como era a história original: Ao invés de conceder a sua voz, Ariel tem a língua cortada, e por isso não pode falar. As pernas novas doem terrivelmente, como se ela andasse sobre cacos de vidro. Caso ela não consiga o beijo verdadeiro, ela morre. O príncipe se casa com outra (que acredita ter sido a sua salvadora no acidente), e Ariel quer voltar para o fundo do mar. Para se tornar sereia, basta assassinar o príncipe e deixar o sangue dele cair sobre seus pés. Mas Ariel não consegue matá-lo. Ela se joga no mar, e se transforma em espuma. Ela não morre, ela vive eternamente no purgatório como a espuma do mar. Fim.


Tecnicamente o filme tem coisas realmente incriveis, como a animação que é de uma qualidade excelente e a trilha sonora. Não é surpresa que tenha sido impressionante com as crianças. E verdade seja dita, again, naquela época ninguém se importava muito com isso - foi visto até mesmo como progressista por ser uma mulher correndo atrás do seu macho e não o contrário... mas né? Para quem não é mais criança ou não está nos anos 80 o filme é bastante ... dificil de engolir. 

E sim, todo o texto foi escrito em Arial. Há.

Nenhum comentário:

Postar um comentário