sábado, 30 de setembro de 2017

[GAMES] SONIC MANIA (ou a nostalgia usada para o bem)



Uma das regras mais verdadeiras da Internet é a "Regra dos 15 anos".  Eu não sei exatamente quem criou A Regra dos 15 Anos — a primeira vez que ouvi sobre ela foi em um NerdCast já bem antigo,  –, mas em todas as fontes, a descrição dela é essencialmente a mesma:
Se você assistiu a um filme antes dos seus 15 anos, curtiu muito e resolver assisti-lo novamente “depois de velho”, pode acabar se decepcionando, pois ele talvez não seja tão bom quanto você lembra.
Goste você ou não do Jovem Nerd, não tem como discutir que nisso eles estavam absolutamente certos. Só de zoeira, esses dias eu fui experimentar reassistir Cavaleiros do Zodiaco, por exemplo. Eu esperava que a coisa fosse ruim, é claro, mas puta que me pariu em chamas de Zillion, eu não esperava que fosse TÃO ruim. Jezuiz pulando de pogobol na cruz, como essa merda é mal feita. E olha que eu gosto de animes shonen! Batalhas bregas pela amizade, golpes sem o menor sentido prático, escalonação de poder (surpreendentemente, ao menos isso CdZ acerta porque não existe escalonação de poder, os cavaleiros de ouro são o melhor do melhor e para por aí, os outros inimigos são no máximo "tão fortes quanto um cavaleiro de ouro").

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

[AÇÃO GAMES 009] ROAD RASH (Mega Drive, 1991)



Certamente você já ouviu falar de um dos jogos de corrida quintessenciais dos anos 90: Road Rash. Quer dizer, quem não, né?

Hoje parece impensável, pornográfico até, um mundo em que esse jogo simplesmente não exista. Afinal a ideia de pegar uma moto e sair descendo o cacete em outros motoqueiros em corridas ilegais é uma ideia com "videogame" estampado na cara, não? Quer dizer, hoje nós temos séries de "corridas underground" como Burnout, Need for Speed e Velozes e Furiosos (como assim Velozes e Furiosos não é um spin off de Need for Speed? No meu coração sempre será)

Bem, para sua grande surpresa...não. Road Rash tem uma história de desenvolvimento bastante complicada e por muito pouco toda essa gama de jogos (e o The Rock passando o rodo com uma minigun) nunca realmente existiu. Para saber mais sobre essa história, vem comigo!